inclusão de arquivo javascript

 
 

Motorista não nota atropelamento e acha corpo no carro

23 de junho de 2008 20h51 atualizado às 21h19

Um homem morreu atropelado às 6h20 do último sábado na avenida Raimundo Pereira de Magalhães, altura da Otaviano Alves de Lima, em Pirituba, zona oeste de São Paulo. O motorista Marcelo Reis Portácio, 41 anos, disse à polícia que só se deu conta do acidente ao chegar em sua casa, quando percebeu que a vítima estava morta no interior do seu carro.

» Veja como ficou o carro
» vc repórter: mande fotos e notícias

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), Marcelo disse em depoimento à polícia que teria olhado pelo retrovisor externo, mas não viu ninguém e decidiu não parar porque é comum ladrões jogarem tijolos em carros para promover assaltos. Ele disse ainda que tentou frear e desviar, mas não conseguiu e sentiu um impacto forte na frente e estilhaços no vidro traseiro de seu carro. Ao chegar em sua casa no condomínio América, também no bairro de Pirituba, percebeu junto com um amigo o corpo da vítima no assoalho do carro, entre os bancos do motorista e o traseiro.

O motorista então chamou a polícia, que fez exame de teor alcólico em Marcelo e retirou o corpo da vítima de seu veículo, e seguiu para a 87º Distrito Policial (Vila Pereira Barreto) para prestar depoimento. A polícia registrou o caso como homicídio culposo

Redação Terra