inclusão de arquivo javascript

 
 

Embalagens de cigarro ganham imagens fortes

27 de maio de 2008 12h40 atualizado às 14h27

A imagem traz mensagem alertando para a possibilidade de impotência causada pelo consumo de cigarros. Foto: Divulgação

A imagem traz mensagem alertando para a possibilidade de impotência causada pelo consumo de cigarros
Foto: Divulgação

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e o diretor-geral do Instituto Nacional de Câncer (Inca), Luiz Antonio Santini, lançaram, em Brasília (DF), as novas imagens de advertência para os riscos à saúde causados pelo cigarro das embalagens dos produtos de tabaco. A atividade faz parte das comemorações ao Dia Mundial sem Tabaco. Pela primeira vez, as fotos e mensagens foram produzidas e selecionadas com base em um estudo sobre o grau de impacto que as imagens alcançam.

» Governo divulga campanha anti-tabaco
» Opine sobre as novas imagens
» vc repórter: mande fotos e notícias

Temporão lançou a nova campanha publicitária de combate ao fumo. Sob o conceito "Fique esperto, começar a fumar é cair na deles", as peças publicitárias mostram para os jovens os meios que as indústrias usam para atrair novos clientes.

O estudo foi desenvolvido de 2006 a 2008 e mediu a reação emocional de 212 jovens entre 18 e 24 anos, fumantes e não fumantes, de três faixas de escolaridade (ensino fundamental, médio e superior), divididos igualmente em homens e mulheres.

Foram julgadas as características emocionais das imagens sem referência à sua função de advertência sanitária. As novas imagens foram consideradas mais aversivas, em comparação com as anteriores, aumentando o potencial de gerar uma atitude de afastamento do produto.

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A OMS estima que um terço da população mundial adulta, isto é, 1,2 bilhão de pessoas (entre as quais 200 milhões de mulheres), sejam fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população masculina e 12% da população feminina no mundo fumam.

Redação Terra