inclusão de arquivo javascript

 
 

Travesti registra queixa de agressão contra ex-BBB

21 de maio de 2008 18h06 atualizado às 18h18

Um travesti de 17 anos registrou boletim de ocorrência por lesão corporal contra Fernando Fernandes, ex-participante do programa televisivo Big Brother 2, nesta manhã, em São Paulo (SP). Segundo a Polícia Civil, o adolescente teve um corte na testa, foi levado a um pronto-socorro e passa bem.

» Caso Ronaldo: MP denuncia travesti
» MP-RS apura agressão contra travesti
» vc repórter: mande fotos e notícias

De acordo com a Polícia Civil, o travesti Thomas John de Souza, conhecido como Camila, afirmou ter sido agredido por Fernando após realizar um programa com ele. Segundo o boletim, o adolescente fazia ponto na esquina das ruas Rego Freitas com General Jardim quando foi abordado por Fernando, que dirigia um carro. O jovem teria pedido que os dois realizassem o programa em um hotel, mas o ex-BBB teria recusado. Em seguida, eles teriam mantido relações em uma rua próxima ao local.

Segundo os policiais, o adolescente disse que Fernando teria se recusado a pagar o programa, no valor de R$ 50. Os dois teriam discutido e o travesti teria fugido do carro levando as chaves do veículo. O ex-BBB teria seguido o jovem e o agredido com socos.

Em depoimento à polícia, Fernando afirmou que negou que tenha realizado o programa e a agressão ao jovem. Ele disse que passava de carro pelo local quando viu uma mulher pedir carona. Quando descobriu que se tratava de um homem, já dentro do veículo, o ex-BBB teria pedido para ele se retirar.

Contudo, segundo Fernando o travesti teria se recusado a sair e cobrado os R$ 50. O ex-BBB teria se recusado a pagar. O adolescente teria saído correndo do carro com as chaves do veículo.

Fernando disse que correu atrás do jovem para recuperar as chaves. Ele afirmou que o jovem teria sido agredido por terceiros enquanto fugia. Os dois foram levados para o 3º Distrito Policial, em Campos Elíseos, onde a ocorrência foi registrada.

Redação Terra