inclusão de arquivo javascript

 
 

SC: suspensa busca por padre que voava com balões

21 de abril de 2008 20h08 atualizado às 20h17

As buscas pelo padre paranaense Adelir Antônio de Carli, 41 anos, foram suspensas na noite desta segunda-feira, no litoral norte de Santa Catarina. O mau tempo no mar na última madrugada e início da manhã de hoje dificultaram a localização do religioso. Adelir desapareceu na noite de ontem, depois de deixar Paranaguá, no sul do Paraná, içado por mil balões de festa cheios de gás hélio. Ele tinha o objetivo de permanecer voando por cerca de 20 horas.

» Padre estava tranqüilo
» Mau tempo dificulta busca
» vc repórter: mande fotos e notícias

As buscas concentraram-se na região de Penha, distante pouco mais de 100 km da capital Florianópolis. Seu último contato havia sido durante a noite de domingo, quando estava a cerca de 30 km de uma ilha localizada na cidade de Balneário Barra do Sul. Balões e cabos usados pelo padre foram encontrados por um empresário ainda durante a madrugada.

Além de helicópteros, barcos de pescadores da região, jet skys e um navio da Marinha auxiliaram nas buscas. A Capitania dos Portos não fornece detalhes da operação de resgate, que deve ser reiniciada somente pela manhã. Apesar da suspensão das buscas, barcos da Marinha deverão permanecer em de plantão em toda a costa à procura do padre. As autoridades acreditam que os balões e o aventureiro devam estar muito distantes do litoral.

Redação Terra