inclusão de arquivo javascript

 
 

Caso Isabella: pai e madrasta se entregam à polícia

03 de abril de 2008 16h56 atualizado em 11 de abril de 2008 às 15h25

Alexandre Nardoni chega ao 9º DP, em São Paulo, após se entregar. Foto: Ricardo Brito/Especial para Terra

Alexandre Nardoni chega ao 9º DP, em São Paulo, após se entregar
Foto: Ricardo Brito/Especial para Terra

O pai e a madrasta da menina Isabella Oliveira Nardoni, 5 anos, que morreu no sábado após cair do sexto andar de um prédio em São Paulo, se entregaram à polícia às 15h55 de hoje no Fórum de Santana. Segundo o tenente Fernando Neves, o casal será encaminhado ao 9º Distrito Policial (Carandiru), onde o caso é investigado.

» Veja a cronologia do caso Isabella
» Veja fotos do casal no DP
» Assista: casal se entrega
» Pai e madrasta afirmam inocência

"Estamos aqui para garantir a integridade física do suspeito, não importa o que ele tenha feito", afirmou o tenente. Neves comanda uma equipe de policiais militares que faz um cordão de isolamento no 9º DP para aguardar a chegada de Nardoni.

No início da tarde, os advogados de Alexandre Nardoni e de Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá ficaram 20 minutos na delegacia e disseram que o casal deveria se apresentar nas próximas horas.

A Justiça determinou ontem a prisão temporária do casal. O pedido foi feito pelo delegado responsável pelo inquérito, Calixto Calil Filho, depois de ouvir a mãe da menina, Ana Carolina Cunha de Oliveira, 23 anos, por cerca de três horas.

Nardoni e Anna Carolina saíram do Fórum em direção à delegacia por volta das 17h45.

Redação Terra