inclusão de arquivo javascript

 
 

Avô de menina que caiu de prédio isenta pai de culpa

31 de março de 2008 11h49 atualizado em 11 de abril de 2008 às 16h11

O avô materno de Isabella de Oliveira Nardoni, 5 anos, que morreu no sábado, após cair do 6º andar de um prédio na zona norte de São Paulo, disse hoje, à rádio CBN, que o pai da criança não tem culpa pela morte dela. Segundo ele, o pai é uma boa pessoa tem uma boa relação com a família.

» Veja a cronologia do caso Isabella
» Menina foi atirada, diz polícia
» Pai e madrasta são liberados
» Corpo de menina é enterrado
» Menina de 5 anos cai de 6º andar e morre

"Ela (Isabella) adorava os pais, os outros avós eram maravilhosos com ela, não tem explicação o que aconteceu. Estão querendo culpar o pai, ele não tem nada a ver com isso. Ele pode ter todos os defeitos, mas isso aí não", disse o avô Jorge Oliveira.

O pai da menina, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Anna Carolina Peixoto, foram liberados nesta madrugada, depois de prestar depoimento desde a noite de sábado ao delegado Calixto Calil Filho. No domingo, a perícia feita pela Polícia Técnico-Científica confirmou que a rede de proteção da sacada foi cortada propositalmente.

Sobre a hipótese de que o pai da menina teria inimigos, Oliveira disse desconhecer o fato e preferiu não comentar.

Redação Terra