inclusão de arquivo javascript

 
 

Israel pede ajuda para caçar Dr. Morte no Brasil

28 de janeiro de 2008 04h01 atualizado às 06h57

O governo de Israel buscou ajuda das autoridades do País para tentar localizar um médico que colaborou com o nazismo. Novas pistas indicariam a presença de Aribert Heim, conhecido como Dr. Morte, no Brasil ou no Uruguai, segundo o Centro Simon Wiesenthal, ONG que combate o nazismo. Segundo a Folha de S.Paulo, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e o Departamento de Inteligência da PF foram acionados.

» Opine sobre o assunto

O caso estaria sendo acompanhado ainda pelos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores.

As pistas que levaram à caçada de Heim no País não foram divulgadas. A investigação está em curso, segundo o jornal, sob sigilo. Abin e PF não confirmaram as ações.

O contato entre as autoridades brasileiras e o governo de Israel foi feito com o auxílio da embaixada do país em dezembro passado. Foi acionado um canal de troca de informações entre o serviço secreto israelense - o Mossad - e a Abin que existe para a troca de informações sobre movimentação na fronteira com o Paraguai e Argentina, em Foz do Iguaçu.

Heim é acusado de ter cometido atrocidades em experiências com judeus em campos de concentração durante a Segunda Guerra. Ele é dado como desaparecido desde 1962. Se estiver vivo, o médico terá 94 anos.

Redação Terra