inclusão de arquivo javascript

 
 

SP: Câmara troca placas para fugir de rodízio de carros

11 de dezembro de 2007 04h40

As placas dos veículos utilizados por vereadores em São Paulo serão trocadas para que eles não sejam atingidos pela restrição do rodízio de veículos. Segundo a Folha de S.Paulo, os parlamentares aproveitarão um privilégio concedido por norma do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) a presidentes de Câmaras Municipais: o uso de placas diferenciadas (pretas e sem a númeração e letras tradicionais).

» Opine sobre o assunto

O vereador Adilson Amadeu (PTB) defende a medida argumentando que um parlamentar de uma cidade como São Paulo não pode "ficar podado de andar em um dia de rodízio". Para ele, "isso (o uso de placa especial em carros parlamentares), perto dos 5,7 milhões de veículos (que circulam), é um pingo no oceano".

Amadeu informa que as placas estão sendo compradas. O processo está em fase de avaliação de preços. A expectativa é de que em 15 dias todos os carros estejam com as novas placas.

Os vereadores de São Paulo têm à sua disposição 61 carros.

Juridicamente, a Casa se defende dizendo que a medida é uma "questão de eqüidade", já que os carros do Tribunal de Justiça e da Assembléia Legislativa gozam do privilégio.

Redação Terra