inclusão de arquivo javascript

 
 

Protesto: músico faz bandeira nacional com laranjas

30 de agosto de 2007 19h31 atualizado às 23h48

O vocalista da banda Detonautas, Tico Santa Cruz, fez um protesto solitário em frente ao Congresso Nacional nesta quinta-feira. Ele usou 5 mil laranjas para criar uma bandeira do Brasil e levou uma faixa escrita "Senado covarde!".

» Entenda as denúncias contra Calheiros
» Opine sobre o caso

A manifestação era contra votação secreta no caso do presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), no Conselho de Ética da Casa. "Eles estão querendo votar a questão sem que a sociedade saiba, por meio do voto secreto, e isso é covardia", afirmou Tico Santa Cruz.

O conselho aprovou a votação aberta no caso. As laranjas foram uma referência à acusação de que o senador usou laranjas, ou seja, outras pessoas em seu lugar, na compra de empresas de comunicação em Alagoas.

"Já que a gente sabe de tantas histórias de laranjas que são usados para poder receber dinheiro, usar rádios e veículos de comunicação, então é um protesto lúdico, a intenção é mostrar que o solo do Congresso Nacional é fértil pra esse tipo de cultura (de laranjas)", disse.

Tico Santa Cruz teve dificuldades para realizar o seu protesto solitário. Como não tinha autorização por escrito do Congresso, os policiais legislativos não permitiam que ele ocupasse o gramado em frente à Câmara e ao Senado. Somente depois de uma hora de negociação e da intervenção do deputado federal Fernando Gabeira (PV-RJ), o músico conseguiu abrir sua faixa e desenhar a bandeira com as laranjas.

As frutas foram compradas pelo grupo Voluntários da Pátria, do qual Tico Santa Cruz faz parte e que realiza ações de conscientização política em escolas, faculdades e presídios. Depois do protesto, informou o músico, elas serão doadas para pessoas carentes de uma vila em Brasília.

Agência Brasil