inclusão de arquivo javascript

 
 

José Dirceu afirma que "mensalão não existiu"

09 de agosto de 2007 22h26 atualizado às 22h40

O ex-ministro da Casa Civil e deputado federal cassado José Dirceu (PT-SP) disse, nesta quinta-feira, em Aracaju (SE), que o chamado "mensalão não existiu. "O mensalão não existiu e nada ficou provado contra mim. Quero que a Justiça se pronuncie sobre o meu envolvimento. Se o Supremo Tribunal Federal arquivar o meu processo, isso quer dizer que eu sou inocente", afirmou.

» Leia mais notícias do jornal O Dia

Dirceu disse que um dos objetivos das suas viagens por todo o País é se defender das acusações que foram feitas contra ele, entre as quais, a de que comandou o chamado esquema do "mensalão" a parlamentares para votar projetos de interesse do governo.

O Supremo Tribunal Federal marcou para o próximo dia 22 o início da leitura do relatório do ministro Joaquim Barbosa, na ação proposta pela Procuradoria-Geral da República contra Dirceu e mais 39 réus por corrupção e formação de quadrilha.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.