inclusão de arquivo javascript

 
 

Físico Georgi Lucki é morto em frente de casa em SP

13 de maio de 2007 04h42 atualizado em 04 de janeiro de 2008 às 13h07

Foi assssinado na noite de sexta-feira, durante um assalto em frente a sua casa, na Lapa, zona oeste de São Paulo, o físico Georgi Lucki, 71 anos. De acordo com a polícia, três criminosos tentaram roubar o carro da filha do cientista, que abriu o portão no meio da ação e foi baleado.

» CORREÇÃO: Físico é morto em São Paulo

Segundo o jornal Estado de S.Paulo, o caso aconteceu por volta das 21h. Lucki ainda foi levado para o hospital Metropolitano, mas não resistiu.

O físico era um dos maiores especialistas do País na área de danos de irradiação nuclear. Nos últimos anos, o cientista participava de inspeções nas usinas de Angra dos Reis e desenvolvia uma cápsula capaz de indicar a deterioração do material usado nos vasos de usinas nucleares ao longo dos anos.

Redação Terra