inclusão de arquivo javascript

 
 

Rapaz preso em cemitério é solto misteriosamente

19 de abril de 2007 02h47 atualizado às 02h47

Apesar de a Polícia Civil afirmar que sete bandidos ficaram presos após a invasão ao Morro da Mineira, liderada por bando do Comando Vermelho (CV), na madrugada de terça-feira, as delegacias que investigam o caso só têm o registro de seis detidos. Thiago de Melo Castro, o TH, 23 anos, apontado como um dos líderes do ataque e ex-morador da Mineira, estava entre os cinco jovens flagrados na caçamba de um caminhão dentro do Cemitério do Catumbi, mas acabou liberado na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), depois de ser apresentado por um tenente do 1º BPM (Estácio). O comando do batalhão abriu sindicância.

» Leia mais notícias do jornal O Dia

No registro de ocorrência, consta que Thiago foi encontrado nas "cercanias do cemitério" e, por isso, conduzido apenas como suspeito à delegacia. Fotos do jornal O Dia, feitas logo após a prisão, no entanto, mostram os cinco rapazes cercados por PMs dentro do cemitério.

Depois, o grupo foi levado à 6ª DP (Cidade Nova) e, em seguida, até a DPCA, já que havia dois adolescentes, de 16 e 17 anos, ambos moradores da Baixada Fluminense. Eles também passaram pelo Hospital Souza Aguiar, no Centro, onde voltaram a ser fotografados pelo jornal O Dia.

Além dos adolescentes, o registro de ocorrência da DPCA tem os nomes de Rafael Carlos Duarte, 19 anos, morador de Japeri, e Luciano Leite, 30 anos, do Jacarezinho, autuados por corrupção de menores e enviados à Polinter. Em outro registro, aparece L.F., 17 anos. Na 6ª DP, consta a prisão de Rafael Alves Ferreira, 23 anos, que atravessou o Elevado 31 de Março, com fuzil, para fugir da PM.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.