inclusão de arquivo javascript

 
 

SP: Bebê anencéfala pode deixar hospital

16 de março de 2007 15h59 atualizado às 16h29

Prestes a completar quatro meses de vida, a bebê Marcela de Jesus Ferreira, que nasceu sem o cortex cerebral, poderá deixar o hospital nos próximos dias.

» Bebê anencéfala respira com capacete

A bebê nasceu com apenas uma parte do tronco cerebral, que compõe o sistema nervoso central e é localizado no início da coluna cervical. A condição é chamada de anencefalia. Marcela nasceu no dia 20 de novembro.

Segundo a pediatra Márcia Beani Barcellos, que cuida da menina, o tronco cerebral é responsável pela respiração, pela freqüência cardíaca e por reflexos como a sucção.

Segundo a médica, o caso de Marcela é raro, já que pelo menos metade das crianças nessas condições morrem durante a gravidez. No total, cerca de 95% não passam da primeira semana.

"O quadro clínico dela é estável, ela tem ganhado peso e estatura. Para que ela possa receber alta, é necessário que ela vá para um local adequado, onde possa receber oxigênio. A família está providenciando uma casa próxima ao hospital, onde eu possa vê-la diariamente", diz.

Atualmente a família de Marcela vive em um sítio, local considerado inadequado pela pediatra. "Se for para ir para o sítio, não é possível a alta. Ela precisa estar próxima para receber os cuidados adequados", diz.

Redação Terra