inclusão de arquivo javascript

 
 

Rio: teto de escola desaba e atrasa início das aulas

26 de fevereiro de 2007 14h46

O desabamento de uma parte do teto do Liceu Nilo Peçanha, um dos mais tradicionais colégios públicos de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, vai atrasar o início das aulas para cerca de 3,2 mil alunos. Nesta segunda-feira, os alunos ficaram na rua depois de ler um cartaz que avisava a data do início do ano letivo: dia 5 de março.

» Marquise desaba e deixa 2 mortos
» PI: desabamento mata 4 pessoas
» Metrô; desabamento soterrou explosivos
» Leia mais notícias do jornal O Dia

Do lado de dentro da escola, os operários tomaram o lugar dos estudantes. O trabalho começou cedo para sustentar o teto e evitar um novo desabamento. Parte do telhado e da laje da cúpula central caiu durante o Carnaval.

A queda do telhado não foi um acidente inesperado. A estrutura da escola corria riscos há muito tempo. As infiltrações eram tantas que várias salas de aula foram interditadas. A reforma era urgente, mas alunos e professores tiveram que esperar quase um ano e meio para ver as obras começarem.

A direção do Liceu Nilo Peçanha garantiu que o conteúdo das aulas, desta semana perdida, será reposto pelos professores.

O Dia
O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.