inclusão de arquivo javascript

 
 

Meio-ambiente será tema de conversa com Bush

12 de fevereiro de 2007 08h20 atualizado às 09h25

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a cobrar hoje (12), no programa Café com presidente, medidas dos países ricos para a preservação do meio ambiente e redução da emissão de gás carbônico. Segundo ele, o assunto será tema de conversa com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante visita que o norte-americano fará ao Brasil, em março.

"Vamos conversar. Esse é um dos assuntos que vamos conversar com o presidente Bush", disse Lula, que também pretende levar a discussão para a reunião do G-8, em julho na Alemanha.

"O que nós queremos é, além de preservar as nossas matas, que é obrigação nossa para melhorar a garantia de vida do nosso povo, explorar floresta da forma mais civilizada possível com o manejo correto da floresta e, ao mesmo tempo, fazer uma forte cobrança para que os países ricos diminuam a emissão de gás carbônico."

O presidente citou estudo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) que revela o desmatamento no mundo. De acordo com essa pesquisa, Europa teria hoje apenas 0,3% da mata que tinha há oito mil anos. A América do Norte, 32% Já o Brasil teria 69% das florestas que tinha há oito mil anos.

"O Brasil tem autoridade moral e política para exigir que os países ricos, em vez de ficarem produzindo protocolos que depois não assinam, cumpram com a sua obrigação de despoluir o planeta. Nós faremos a nossa parte, agora, é preciso que eles façam a deles."

Agência Brasil