inclusão de arquivo javascript

 
 

Desmatamento na Amazônia cresce 40%

26 de junho de 2003 03h34

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais divulgou ontem que o desmatamento na Amazônia cresceu 40% no biênio 2001-2002 em relação ao período anterior. A área desmatada pulou de 18.166 km2 para 25.476 km2. O território é equivalente ao Haiti.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, dados do Inpe o governo FHC, que comemorou uma tendência de queda no desflorestamento. Muitos ambientalistas e a secretária de Coordenação da Amazônia, Mary Allegretti, que permanece no cargo no governo Lula, contestaram os dados do governo FHC. Os ecologistas disseram que era cedo demais para festejar.

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) publicou ontem uma nota na internet sobre o assunto. O MMA declarou que o governo vai anunciar na semana que vem medidas para reverter o quadro. A Casa Civil da Presidência da República e os ministérios do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia estão realizando uma avaliação dos dados apresentados pelo Inpe.

Redação Terra