inclusão de arquivo javascript

 
 

vc repórter: Objeto desconhecido cai em fazenda no PA

30 de agosto de 2006 11h06 atualizado às 12h04

A esfera foi encontrada por um pecuarista em São Félix do Xingu. Foto: Rosangela Sampaio/vc repórter

A esfera foi encontrada por um pecuarista em São Félix do Xingu
Foto: Rosangela Sampaio/vc repórter

Um objeto desconhecido intrigou a população do município de São Félix do Xingu, a 695 km de Belém (PA). Uma esfera revestida por um material parecido com aço inoxidável, medindo cerca de 80 centímetros de diâmetro e de aproximadamente um metro de altura, caiu em uma propriedade rural do município. O proprietário encontrou o objeto na semana passada.

» Veja a imagem ampliada
» Veja mais fotos do objeto
» Mande fotos e notícias e participe do vc repórter
» "Chuva" de pássaros fecha hospital nos EUA
» Bezerro "cai do céu" na Inglaterra

O pecuarista, que já foi vereador no município, estava andando pelo pasto quando se deparou com o objeto. Ele avisou aos oficiais do Serviço de Vigilância da Amazônia (Sivam). Os representantes do órgão afirmaram que pode se tratar de parte de um satélite de comunicação que possivelmente deveria ter caído no mar, mas caiu na propriedade rural.

Segundo o Sivam, pela velocidade que o objeto deve ter caído, provocaria uma tragédia se atingisse a área urbana da cidade. Na fazenda, nenhum animal ou pessoa foi atingido.

Os oficiais recolheram o suposto satélite e o levaram para a base em São Félix do Xingu. A chapa de identificação do objeto indica que ele deve ser de propriedade americana.

Esta não é a primeira vez que algo estranho cai em São Félix do Xingu. Há cerca de seis anos, um objeto caiu nas proximidades de uma aldeia Kayapó deixando um rastro de devastação em um raio de mil metros e provocando uma grande explosão. Ribeirinhos afirmaram na época terem visto uma bola em chamas caindo do céu.

A internauta Rosangela Sampaio, de São Félix do Xingu (PA), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
vc repórter