inclusão de arquivo javascript

 
 

Superávit comercial já supera US$3 bi em agosto

21 de agosto de 2006 16h32

A balança comercial brasileira registrou superávit de 1,022 bilhão de dólares na terceira semana de agosto, fazendo com que o saldo positivo acumulado no mês já ultrapasse 3 bilhões de dólares.

Somente na última semana, as exportações foram de 3,011 bilhões de dólares e as importações, de 1,989 bilhão de dólares, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior nesta segunda-feira.

O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, previu que as exportações e a corrente de comércio do país baterão novos recordes este mês. Segundo ele, as vendas externas irão ultrapassar, pelo segundo mês consecutivo, a casa de 13 bilhões de dólares.

No mês, até a terceira semana de agosto, as exportações somam 8,554 bilhões de dólares, após encerrarem julho em 13,622 bilhões de dólares.

"Os números divulgados hoje (da balança comercial) mostram uma vitalidade muito grande, de maneira que a gente pode, pela segunda vez, ultrapassar 13 bilhões de dólares de exportação", disse o ministro a jornalistas durante evento em São Paulo.

"Vamos bater recorde de exportação e também de corrente de comércio no mês, acrescentou, sem dar números.

No ano, as exportações estão acumuladas em 83,076 bilhões de dólares. Sem revisar sua estimativa para 2006, Furlan disse que as exportações podem romper a meta de 132 bilhões de dólares.

A balança acumula no ano saldo positivo de 28,297 bilhões de dólares. A estimativa de Furlan para o saldo em 2006 é de 42 bilhões de dólares.

SEMIFATURADOS PUXAM EXPORTAÇÕES

Apesar da valorização do real, Furlan comentou que a balança tem conseguido bons resultados por conta do desempenho de alguns setores da economia que têm crescido "em velocidade suficiente para garantir os recordes".

Na terceira semana de agosto, as vendas externas foram puxadas por semimanufaturados —com destaque para açúcar em bruto, semimanufaturados de ferro/aço e alumínio em bruto.

Na terceira semana de agosto, a média por dia útil das vendas externas foi de 602,2 milhões de dólares e a média das importações, de 397,8 milhões de dólares.

(Por Vanessa Stelzer; colaborou Renato Andrade)

Reuters
Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.