Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões
Guerra Urbana
Segunda, 7 de agosto de 2006, 09h07  Atualizada às 13h26
Cinco empresas de vans suspendem circulação em SP
 
 Últimas de Guerra Urbana
» Familiares de vítimas do PCC recebem indenizações
» PCC mantinha ONG como assessoria, diz polícia
» Traficante do PCC escapa de prisão no Paraguai
» Marcola diz que foi ameaçado de morte na prisão
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Depois da madrugada de ataques atribuídos ao Primeiro Comando da Capital (PCC), pelo menos cinco empresas de vans e microônibus em São Paulo suspenderam a circulação na manhã de hoje. De acordo com a SPTrans, a paralisação atinge as zonas leste e noroeste da cidade. Ainda não há informações de quantas pessoas foram prejudicadas. As empresas da região noroeste retomaram as atividades no início da tarde.

» Mande fotos e notícias e participe do vc repórter
» Veja como está o trânsito em SP
» Granada atinge MP de SP em novos ataques do PCC

Representantes das lotações teriam recebido ameaças ontem caso mantivessem os carros nas ruas, segundo as primeiras informações. Pelo menos 15 ônibus já foram incendiados em todo o Estado. Em Jundiaí, no interior, um ônibus foi incendiado. No ABC Paulista, pelo menos dez ônibus foram incendiados - sete em Mauá e três em Santo André. Na capital, houve ataques a outros quatro ônibus.

A SPTrans informou que está negociando a volta ao trabalho com representantes das empresas de microônibus e vans. Ônibus, metrô e trens estão funcionando normalmente.

A circulação dos ônibus elétricos também está comprometida. Segundo a SPTrans, houve um rompimento de rede na estação São Mateus dos ônibus elétricos, o que está impedindo o deslocamento até a estação. De acordo com as primeiras informações, um ônibus foi incendiado no local. Os passageiros estão sendo levados apenas até a estação Carrão.

As linhas prejudicadas são 2270 (São Mateus - Parque Dom Pedro), 2290 (São Mateus - Praça Clóvis) e 342M (Terminal Carrão - Terminal São Mateus).

Interior
A cidade de Jundiaí está com o transporte público totalmente paralisado depois que a principal empresa de ônibus decidiu suspender as atividades, por medo de novos ataques. Na cidade, pelo menos dois ônibus foram incendiados nesta madrugada. Um caicxa eletrônico e dois postos tambpem foram atacados.
 

Redação Terra