0

FHC é eleito novo membro da Academia Brasileira de Letras

27 jun 2013
18h19

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi eleito nesta quinta-feira como novo membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), na qual ocupará a cadeira de número 36, que até então pertencia ao escritor João de Scantimburgo, falecido no último mês de março.

De acordo com a ABL, a votação contou com a participação de 39 acadêmicos, sendo que 34 deles votaram a favor de FHC, que governou o país em dois períodos consecutivos (1995-1998 e 1999-2002).

Desta forma, FHC se torna o terceiro ex-presidente eleito para ocupar um assento entre os "imortais" da ABL, assim como ocorreu com Getulio Vargas e José Sarney, que ocupa o assento de número 38 desde 1980.

O presidente da ABL, Marcos Vinícius Villaça, afirmou que "esta eleição é um ato de respeito da academia à inteligência brasileira" e avaliou "a grande obra de Fernando Henrique Cardoso como sociólogo e cientista".

O ex-presidente, de 82 anos, estudou sociologia na Universidade de São Paulo (USP), da qual é professor emérito, e desenvolveu uma intensa carreira acadêmica com a publicação de dezenas de obras sobre o desenvolvimento social e econômico, além das relações internacionais.

Além de ser consultor de diversas universidades do Brasil, Estados Unidos e alguns países europeus, FHC dirige um instituto que leva seu nome, o qual patrocina pesquisas sobre desenvolvimento e democracia.

EFE   

compartilhe

publicidade