1 evento ao vivo

Fabricante francesa defende custo mais caro de caça

10 jan 2010
06h59

O diretor da Dassault no Brasil, Jean-Marc Merialdo, defendeu o custo do modelo do caça Rafale, produzido pela companhia, após relatório técnico da Força Aérea Brasileira (FAB), que apontou o concorrente sueco Gripen NG como melhor opção de compra para o País, no programa de renovação da frota aérea. As informações são do jornal Folha de S. Paulo deste domingo.

"Nosso produto pode ser mais caro que o sueco, mas é preciso ver que no longo prazo esse investimento trará menos riscos e, provavelmente, menos custos à FAB", disse Merialdo. O relatório da FAB, que gerou um relatório secundário feito pelo Ministro da Defesa, Nelson Jobim, não deve ser considerado pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva em sua escolha.

Fonte: Redação Terra
publicidade