1 evento ao vivo

Fabricante francesa defende custo mais caro de caça

10 jan 2010
06h59
  • separator

O diretor da Dassault no Brasil, Jean-Marc Merialdo, defendeu o custo do modelo do caça Rafale, produzido pela companhia, após relatório técnico da Força Aérea Brasileira (FAB), que apontou o concorrente sueco Gripen NG como melhor opção de compra para o País, no programa de renovação da frota aérea. As informações são do jornal Folha de S. Paulo deste domingo.

"Nosso produto pode ser mais caro que o sueco, mas é preciso ver que no longo prazo esse investimento trará menos riscos e, provavelmente, menos custos à FAB", disse Merialdo. O relatório da FAB, que gerou um relatório secundário feito pelo Ministro da Defesa, Nelson Jobim, não deve ser considerado pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva em sua escolha.

Veja também:

Governo teme que atos de rua cresçam e se tornem pró-impeachment
Fonte: Redação Terra
publicidade