1 evento ao vivo

FAB faz treinamento de resgate com helicópteros em Florianópolis

30 mar 2012
19h51
atualizado às 20h04

O Quinto Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (5º/8º GAV) fez uma série de treinamentos de resgate de vítimas no mar na Base Aérea de Florianópolis (BAFL) treinando o resgate de vítimas no mar entre os dias 12 e 30 de março. Os exercícios fazem parte da 28ª edição da Operação Guasca, que visa o aprimoramento de métodos de resgates da Força Aérea Brasileira (FAB).

Militares participaram de treinamentos de resgate no mar
Militares participaram de treinamentos de resgate no mar
Foto: Guto Kuerten/FAB / Divulgação

Os aprendizados serão utilizados em acidentes em mar e terra ou em caso de desastres naturais, como nas enchentes em Santa Catarina em 2008. O esquadrão fez simulações de resgate de pessoas na água por meio do método de içamento inglês KAPOFF, em que o resgate acontece com rapidez, eficiência e segurança, de acordo com a FAB.

De acordo com o tenente-aviador Thiago Barros, que participou dos treinamentos, durante a missão, nem sempre os pilotos conseguem ver as vítimas. "Precisamos seguir as orientações do operador de equipamentos, que indica a posição em que o helicóptero deve estar para a descida do guincho e dos homen(...). É um trabalho em equipe", disse.

Durante os 18 dias de exercícios, 85 militares trabalharam cerca de 12 horas por dia para que, ao final do exercício, tivesse cumprido cerca de 300 simulações. Cinco helicópteros H-60 Black Hawk voaram sobre as baías norte e sul da ilha de Santa Catarina, inclusive à noite, com utilização de Óculos de Visão Noturna (NVG).

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade