1 evento ao vivo

EUA anunciam visita oficial de Kerry ao Brasil e à Colômbia

8 ago 2013
19h25
atualizado às 19h52
  • separator
  • comentários

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, visitará a Colômbia e o Brasil nos dias 12 e 13 de agosto, respectivamente, em sua primeira viagem oficial à América do Sul desde que assumiu o cargo, anunciou nesta quinta-feira o Departamento de Estado americano. Kerry passará toda a segunda-feira, dia 12, na Colômbia, e na terça-feira, 13, irá para Brasília, informou o departamento através de um comunicado.

<p>O secret&aacute;rio de Estado americano, Jonh Kerry, em viagem recente &agrave; &Iacute;ndia</p>
O secretário de Estado americano, Jonh Kerry, em viagem recente à Índia
Foto: AP

A chegada do secretário de Estado ao Brasil tem como seus principais objetivos a preparação da visita de Estado que a presidente Dilma Rousseff fará a Washington no dia 23 de outubro. "Na Colômbia e no Brasil, Kerry se reunirá com altos funcionários do governo para falar sobre assuntos de interesse bilateral", anunciou o comunicado. Fontes do governo brasileiro informaram hoje que Kerry se reunirá com o ministro das Relações Exteriores Antonio Patriota.

Fontes oficiais confirmaram à Agência Efe que os ministros tratarão também das denúncias feitas pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden sobre espionagem global por parte das agências americanas, que também afetaram o Brasil. Essas denúncias geraram uma forte reação do governo brasileiro, que pediu "explicações" à Casa Branca e, junto com os membros do Mercosul, denunciou o assunto nas Nações Unidas.

Agenda bilateral
Fontes diplomáticas em Washington anteciparam a visita de Kerry à Colômbia à Efe na última quarta-feira, e confirmaram que ele se reunirá com o presidente do país, Juan Manuel Santos, e com a chanceler, María Ángela Holguín. "A agenda incluirá vários temas de interesse bilateral, como a cooperação na América Central em temas de segurança e comércio, e a Aliança do Pacífico, uma organização da qual os Estados Unidos expressaram interesse", afirmou a fonte.

Os Estados Unidos querem ingressar como observadores da Aliança do Pacífico, um mecanismo formalizado em junho de 2012 e que tem como objetivo a integração econômica e comercial entre Chile, Colômbia, México e Peru. Os dois países que serão visitados por Kerry na próxima semana são os mesmos que receberam o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em sua viagem ao continente sulamericano no final de maio.

Em seu segundo mandato, o presidente Barack Obama se propôs a conseguir uma maior interconexão com a América Latina e o Caribe, o que explica o aumento das visitas de seus funcionários à região e as viagens a Washington de presidentes como o peruano, Ollanta Humala, e o chileno, Sebastián Piñera, em junho.

EFE   
  • separator
  • comentários
publicidade