1 evento ao vivo

Dilma telefona para Cabral e se compromete a ajudar o Rio

12 jan 2011
13h35
atualizado às 13h49
Laryssa Borges
Direto de Brasília

A presidente Dilma Rousseff e o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, telefonaram nesta quarta-feira para o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, e se comprometeram a providenciar "tudo o que for necessário" para ajudar as vítimas das fortes chuvas que recaem sobre o Estado do Rio, em especial Teresópolis e Nova Friburgo.

Ainda não estão definidos os recursos do governo federal a serem liberados para o território fluminense, mas o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, vai visitar ainda nesta quarta as regiões atingidas, em especial a região de Teresópolis.

"O governo pode se comprometer com tudo o que for necessário", disse o senador eleito pelo Rio, Lindberg Farias, que foi recebido por Palocci no Palácio do Planalto.

De imediato serão mobilizados os ministérios da Saúde, Integração, Defesa, Desenvolvimento Social, Transportes e Meio Ambiente, além do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), para auxiliar as regiões atingidas com vacinas e medicamentos, hospitais de campanha, reconstrução e desobstrução de estradas.

Em Teresópolis, a Defesa Civil municipal registrou 48 mortes em alagamentos e deslizamentos. De acordo com a prefeitura, ainda não é possível contabilizar o número de desaparecidos e desabrigados porque muitas áreas continuam inacessíveis.

Em Petrópolis, a prefeitura informou que até o final desta manhã foi registrada a morte de um casal de idosos na localidade do Brejal. Outras sete pessoas morreram em deslizamentos de terra no Vale do Cuiabá, na região de Itaipava.

Nesta quarta, o vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, fez um sobrevoo na região e conversou com lideranças políticas sobre os estragos. O governador do Estado, Sérgio Cabral, disse em comunicado que lamenta pelas mortes e demonstrou solidariedade às famílias dos bombeiros mortos em Nova Friburgo. Cabral também solicitou o apoio da Marinha Brasileira, no transporte da frota e de equipamentos do Corpo de Bombeiros às áreas atingidas.

Grupo trabalha na remoção de escombros após deslizamento causado pela chuva em Nova Friburgo
Grupo trabalha na remoção de escombros após deslizamento causado pela chuva em Nova Friburgo
Foto: Divulgação
Fonte: Redação Terra
publicidade