1 evento ao vivo

Dilma cancela agenda no Chile para viajar a Santa Maria após incêndio em boate

27 jan 2013
11h19
atualizado às 11h40

A presidente brasileira Dilma Rousseff suspendeu sua agenda no Chile, onde participava de uma cúpula entre a América Latina e a Europa, para viajar a Santa Maria, no sul do país, onde mais de 150 pessoas morreram após o incêndio em uma boate.

"A presidente antecipou seu retorno para viajar diretamente a Santa Maria", no Rio Grande do Sul, informou a presidência à AFP.

"A presidente cancelou reuniões bilaterais previstas para este domingo" em Santiago, entre elas com os presidentes de Argentina, Cristina Kirchner, e Bolívia, Evo Morales, informou a fonte.

Antes, a presidente havia telefonado para o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, para oferecer a ajuda necessária do governo.

Mais de 150 pessoas morreram na madrugada deste domingo em um incêndio em uma boate de Santa Maria, e ao menos 200 pessoas ficaram feridas, informaram a polícia e os bombeiros.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade