publicidade
16 de janeiro de 2011 • 14h03 • atualizado às 18h27

Detran-RJ emite 2ª via de identidade para vítimas das chuvas

Vítimas da enchente sofrem com a perda de documentos Foto: Reinaldo Marques / Terra
Vítimas da enchente sofrem com a perda de documentos
Foto: Reinaldo Marques / Terra
 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RJ) iniciou neste domingo a instalação de 14 postos na região serrana do Estado para entregar a segunda via da carteira de identidade às vítimas das enchentes que perderam seus documentos. Nesta manhã, quatro postos eram preparados em Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo, e passariam a funcionar à tarde.

Os postos são montados em vans, o que facilita a mobilização da oferta do serviço. Os outros 10 veículos desse tipo serão encaminhados para Sumidouro, Areal, São José do Rio Preto e outras áreas de Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. "Vale salientar que esse documento é fundamental para quem, por exemplo, queira, por causa da tragédia, retirar o seu FGTS, o que é previsto por lei", disse o presidente do Detran, Fernando Avelino. Nos próximos dias, deve iniciar também a concessão da segunda via da carteira de motorista.

A prefeitura de Teresópolis informou que uma equipe do Detran está instalada no ginásio municipal Pedro Jahara, o "Pedrão". Segundo a prefeitura, não é preciso foto para a retirada da segunda via.

Funcionários da Fundação Leão XIII também estão no ginásio para dar a isenção da taxa de pagamento para a emissão do documento, que é liberado em um prazo de um a quatro dias. O atendimento acontece a partir das 9h.

Em Petrópolis, o posto funciona no Centro de Cidadania de Itaipava. Outros dois foram instalados nas proximidades da prefeitura de Nova Friburgo e do hospital de campanha ali implantado.

Chuvas na região serrana
As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região.

Rua do centro de Nova Friburgo é tomada pela lama

Veja onde foram registradas as mortes

Redação Terra