0

Curitiba tem oito candidatos a prefeito

Fernando César OliveiraRepórter da Agência BrasilCuritiba - Oito candidatos a prefeito disputam os votos dos cerca de 1,1 milhão de eleitores curitibanos nas eleições do dia 7 de outubro. Concorrem à prefeitura da capital paranaense Alzimara Bacellar (PPL), Avanilson Araújo (PSTU), Bruno Meirinho (PSOL), Carlos Moraes (PRTB), Gustavo Fruet (PSDB), Rafael Greca (PMDB), Ratinho Junior (PSC) e Luciano Ducci (PSDB), que tenta a reeleição.Para as 38 vagas de vereador existentes na Câmara Municipal de Curitiba, há 710 candidatos, de acordo com números atualizados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).Segundo o Censo Demográfico 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Curitiba tem 1,7 milhão de habitantes. A taxa de analfabetismo entre as pessoas a partir de 15 anos caiu de 3,4% para 2,1%, entre os anos 2000 e 2010. No mesmo período, o percentual de domicílios com condições adequadas de saneamento subiu de 91,9% para 96%.Em 2010, ainda de acordo com o IBGE, a renda média per capita em Curitiba era R$ 1,2 mil por mês. Aproximadamente 10,5% da população viviam na época com renda per capita mensal inferior a meio salário mínimo.Em Curitiba, 162,7 mil pessoas vivem em aglomerados subnormais (termo usado pelo IBGE para designar assentamentos irregulares como favelas). O número equivale a 9,3% da população curitibana. A mortalidade infantil registrada em 2010 foi 9,1 em cada mil nascidos vivos.A taxa de homicídios em Curitiba mais que dobrou entre os anos 2000 e 2010 - passou de 26,2 para 55,9 a cada 100 mil habitantes. Segundo o Mapa da Violência 2012, elaborado pelo Instituto Sangari em parceria com o Ministério da Justiça, Curitiba é a sexta capital mais violenta do país.A cidade tem uma frota de 1,2 milhão de veículos, segundo dados de 2010 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O Produto Interno Bruto (PIB) do município foi R$ 45,8 bilhões em 2009, com maior participação da área de serviços, seguida da indústria.O orçamento da prefeitura de Curitiba prevê para este ano uma receita total de R$ 5,8 bilhões. A despesa prevista da Câmara Municipal chega a R$ 103,4 milhões.Curitiba é uma das cinco cidades do Paraná onde pode haver segundo turno nas eleições municipais deste ano. As demais são Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel. A segunda votação ocorre nas cidades brasileiras com mais de 200 mil eleitores, caso nenhum candidato alcance 50% mais um dos votos. Em todo o país, o segundo turno pode ocorrer em 83 municípios.Edição: Talita Cavalcante

Agência Brasil Agência Brasil
publicidade