Crise aérea

Crise aérea

Segunda, 28 de janeiro de 2008, 23h41 Atualizada às 23h43

CNJ: cai número de acordos em juizados de aeroportos

Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apontam que o número de acordos entre passageiros e companhias aéreas nos juizados especiais instalados em aeroportos de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo está caindo desde a inauguração dos postos, em outubro de 2007. "Aparentemente, as companhias aéreas têm preferido responder às ações que resultam de tentativas fracassadas de acordo, em lugar de buscar o entendimento com seus clientes", disse o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Gilson Dipp.

» Confira o seu vôo
» Saiba o que fazer em caso de atrasos
» Movimento em aeroportos cresceu 8,24%
» vc repórter: mande fotos e notícias

O ministro foi designado pela presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie, para coordenar o trabalho dos juizados nos aeroportos.

Na tarde desta segunda-feira, eles estiveram reunidos com representantes dos juizados, das companhias aéreas, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da Infraero e da Polícia Federal, em Brasília, para oficializar a prorrogação do prazo de funcionamento dos juizados.

A princípio, os postos funcionariam até 31 de janeiro. Mas em função da demanda - e tendo em vista os feriados do Carnaval e da Páscoa - o trabalho será estendido até 31 de março.

Os juizados nos aeroportos realizaram até hoje 9.608 atendimentos, chegando a 1.395 acordos (14,51%). As reclamações mais freqüentes são falta de informação pelas companhias aéreas, atraso e cancelamento de vôos, falta de assistência, extravio, violação ou furto de bagagens, documentação, overbooking e falta de respeito e cordialidade por parte dos funcionários das empresas.

A Gol é a empresa mais reclamada em quatro dos cinco aeroportos onde funcionam os juizados. A empresa lidera o ranking das reclamações nos aeroportos de Brasília, Guarulhos (SP), Tom Jobim e Santos Dumont, no Rio. Em Congonhas (SP), o primeiro lugar é da TAM, e a Gol aparece na segunda posição.

  • Imprima esta notícia
  • Envie esta notícia por e-mail

Busca

Busque outras notícias no Terra: