2 eventos ao vivo

Comunidade internacional expressa apoio ao Brasil e ao Rio

13 jan 2011
21h43
atualizado às 23h54

Diversos líderes internacionais vêm manifestando apoio ao Brasil desde a última quarta-feira por causa das fortes chuvas que mataram centenas de pessoas no Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira, Londres enviou condolências ao País através de um comunicado. "Envio meus pêsames a todos os que perderam a família, os amigos, casas e trabalho nas zonas destruídas", disse o ministro das Relações Exteriores da Inglaterra, William Hague.

O México ofereceu hoje ao governo brasileiro sua disposição para "cooperar no auxílio aos desabrigados pelas inundações e deslizamentos" se as autoridades brasileiras precisarem. "Em nome do povo e do governo do México, a Secretaria de Relações Exteriores transmite seus pêsames aos familiares das vítimas das intensas chuvas que afetaram nos últimos dias os Estados brasileiros de Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo", afirmou o Ministério das Relações Exteriores mexicano.

O governo de El Salvador também expressou hoje sua solidariedade à presidente Dilma Rousseff e enviou condolências ao povo brasileiro. "O governo salvadorenho reafirma o especial afeto e a solidariedade com o povo irmão do Brasil, e manifesta que estará atento ao pedido que o País pode fazer à comunidade internacional para proporcionar ajuda e colaboração", disse o Ministério das Relações Exteriores de El Salvador.

As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. Pelo menos 497 pessoas morreram nas cidades de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca 300 mm em 24 horas na região - em Nova Friburgo, cidade mais afetada, o valor esperado para o mês de janeiro é de 209 mm.

Veja onde foram registradas as mortes:

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade