0

Comitiva presidencial gastou R$ 325 mil em hospedagem na Itália

A viagem feita para acompanhar a posse do novo papa contou com períodos para passeios e compras

21 mar 2013
09h09
atualizado às 09h13
  • separator
  • comentários

O governo brasileiro gastou mais de R$ 100 mil por noite apenas em diárias de hotéis em Roma para participar da posse do papa Francisco nesta semana. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a comitiva permaneceu três noites na Cidade Eterna e, no lugar de usar a embaixada, se hospedou em um dos hotéis mais luxuosos da Europa. Nesse período, a presidente Dilma Rousseff teve apenas cinco horas de reuniões e compromissos oficiais. O restante do tempo foi usado para turismo e jantares em locais não divulgados. No total, o governo gastou 125,9 mil euros (cerca de R$ 325 mil) apenas para hospedar a comitiva oficial em dois hotéis de Roma, além de alugar salas de apoio e reunião. A pequena fortuna ainda não conta os custos de celular, as diárias dos funcionários e o transporte.

<p>Presidente Dilma em reunião com o Papa Francisco, no Vaticano</p>
Presidente Dilma em reunião com o Papa Francisco, no Vaticano
Foto: Agência Brasil

A delegação utilizou uma frota de 21 carros e diversos assessores - seguranças, intérpretes e pilotos do avião oficial. Ainda segundo o jornal, no total, 25 quartos de hotéis foram utilizados apenas para o núcleo principal da comitiva, enquanto a embaixada em Roma, na Piazza Navona, ficou vazia. Só no domingo, quando chegou, Dilma fez quatro horas de turismo por Roma, visitando igrejas e jantando pela cidade. Na segunda-feira, ela ainda foi visitar uma exposição de pintura e, na terça, também saiu para passear. Em nota, a assessoria do PPS informou que o deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) vai cobrar do Palácio do Planalto mais informações sobre o custo total da viagem. 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade