vc repórter: tornado se forma em Limeira, interior de SP

atualizado em 09/12/2013 às 13h36
  • comentários

A população da cidade de Limeira, no interior de São Paulo, se assustou com a formação de um tornado no fim da tarde do último domingo. Mas, de acordo com a meteorologista Ana Ávila, diretora do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas a Agricultura (Cepagri) da Unicamp, o fenômeno não é atípico na região.

Internauta registrou momento em que tornado passou por Limeira Foto: Edson Geraldo Janoski / vc repórter
Internauta registrou momento em que tornado passou por Limeira
Foto: Edson Geraldo Janoski / vc repórter

“Não é frequente, mas ocorre pois é uma região de risco. Porém é totalmente diferente dos Estados Unidos, onde existem temporadas de tornados, mas pode acontecer”, explicou a especialista.

Segundo Ana, estima-se que os ventos do tornado que atingiu Limeira no domingo possam ter alcançado de 115 a 120 km/h. “É como se fosse uma corda girando em redemoinho no sentido horário. Quando ele toca o solo funciona como um aspirador de pó”, disse a meteorologista.

Ana explicou ainda que na região existem fortes contrastes de massa de ar, o que ajuda na formação de tornados. “Tanto pelo contraste da massa de ar quanto pela formação de tempestades, o local é propício. É uma nuvem que se forma de maneira muito rápida e não se pode prever”, completou.

A especialista afirmou que ficou sabendo do acontecimento quando recebeu diversas imagens e relatos de destruição em pontos específicos que o tornado passou.

O internauta Edson Geraldo Janoski, de Limeira (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter

COMPARTILHE

COMENTE

  • comentários
publicidade
publicidade