1 evento ao vivo

vc repórter: por acessibilidade, prefeitura refaz obra em praça de SP

2 mar 2012
14h27

A Praça Franklin Roosevelt, na região central de São Paulo, está em obras desde setembro de 2010 e terá um trecho do calçamento, que já foi reformado, totalmente refeito pela Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb). O trabalho já começou e o piso que estava finalizado vem sendo quebrado para a nova obra - o que tem gerado críticas da população quanto ao ao barulho e poeira no local, além do desperdício de dinheiro.

Calçada foi refeita para se adequar às necessidades de acessibilidade de deficientes motores
Calçada foi refeita para se adequar às necessidades de acessibilidade de deficientes motores
Foto: Mauricio Bertoni / vc repórter

Questionado pelo Terra, a assessoria de imprensa da Siurb afirmou que "o calçamento da Praça Roosevelt está sendo refeito para entrar em conformidade com o projeto de acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida e com as normas da Secretaria do Verde e Meio Ambiente".

A Siurb afirmou que apesar de ter que refazer a calçada, a reforma está de acordo com o cronograma, e a obra deverá ser concluída no tempo previsto, em setembro de 2012.

O projeto de requalificação urbana e paisagística da praça está orçado em R$ 37 milhões. Estão previstas melhorias na acessibilidade, sanitários e calçadas ecológicas, além da criação de um 'cachorródromo' com área gramada, de terra e bebedouro; quiosques para floricultura, garagem subterrânea com 556 vagas e áreas para Guarda Civil Metropolitana e Policia Militar.

O projeto de modernização e paisagismo também contará com 223 novas árvores, das quais 37 serão transplantadas e outras 138 serão mantidas. O projeto paisagístico prevê ainda adequação à iluminação para garantir claridade abaixo da copa das árvores.

O internauta Mauricio Bertoni, de São Paulo (SP) participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter

compartilhe

publicidade
publicidade