3 eventos ao vivo

vc repórter: grupo faz homenagem ao Dia dos Bandeirantes em SP

16 nov 2013
17h00
atualizado às 18h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Um grupo se reuniu na manhã da última sexta-feira em torno do Monumento às Bandeiras, na zona sul de São Paulo. Os integrantes do Movimento São Paulo Independente escolheram o local para homenagear os bandeirantes paulistas e reforçar o orgulho que sentem por São Paulo.

<p>Movimento de reafirmação do orgulho de ser paulista se reuniu na manhã da última sexta-feira</p>
Movimento de reafirmação do orgulho de ser paulista se reuniu na manhã da última sexta-feira
Foto: Facebook / Reprodução

A data não foi escolhida por acaso. A véspera do ato, 14, é a data em que se comemora o Dia dos Bandeirantes. Mesmo assim, o número de pessoas ficou longe do ideal. “Infelizmente nosso evento se esvaziou um pouco graças as ações cretinas do grupo Black Block, que por volta do mesmo horário agiu com sua característica violência sobre um outro grupo que fazia uma manifestação em outro ponto do Ibirapuera”, contou Júlio Cesar Bueno, líder do grupo.

Munidos de bandeiras e panfletos em que repudiam o vandalismo ao qual foi submetido o monumento no início de outubro, quando foi pichado, os manifestantes se reuniram por volta das 11h, após convocação feita pelo Facebook.

Os duzentos panfletos levados ao local se esgotaram rapidamente, segundo a organização. Neles, um texto repudia a ação de vândalos. “Nos dias 01 e 02 de Outubro, vândalos, sujeitos fiéis ao espírito nocivo e mais degenerado presente entre os "brasileiros", depredaram o Monumento às Bandeiras, obra do célebre escultor Victor Brecheret”.

O manifesto pede também mais energia dos órgãos públicos. “O Movimento São Paulo Independente, como fiel defensor dos interesses reais do Povo Paulista, de sua liberdade, independência e tradição, vem, diante dos fatos, tornar público o seu completo e total desagravo com a ação desses criminosos, e pede que, com extrema urgência, os órgãos competentes ligados à Prefeitura do Município de São Paulo e ao Governo do Estado, tomem as atitudes legais cabíveis contra esses sujeitos, de modo que eles sejam punidos, independente de quem sejam. Bem como apelamos ao Município que disponibilize permanentemente junto do Monumento às Bandeiras, uma patrulha da Guarda Civil ou da Polícia Militar.”

A internauta Fabiana P., de São Paulo(SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade