1 evento ao vivo

RS: antes de morrer em incêndio, vítima pediu socorro no Facebook

27 jan 2013
18h53
atualizado às 19h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Antes de se tornar uma das vítimas do incêndio que matou pelo menos 233 pessoas em Santa Maria na madrugada deste domingo, Micheli Froehlich Cardoso usou o Facebook para pedir socorro. Em seu perfil na rede social, ela postou a frase "incêndio na Kiss. Socorro".

Está em Santa Maria? Envie fotos, vídeos e relatos da tragédia

Em seguida, amigos começaram a questioná-la querendo saber o que estava havendo. Mas não receberam resposta da jovem. Micheli, que chegou a trabalhar na Boate Kiss, local da tragédia, acabou morrendo no incêndio, o segundo maior da história do Brasil. O seu corpo é um dos 141 já reconhecidos e consta na lista de identificados divulgada no final da tarde pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. 

Assim que a morte da garota foi confirmada, muitos usaram a página social para homenageá-la. "Não imaginei que fosse sério quando vi um pedido de socorro pelo facebook nessa madrugada, até acordar com uma mensagem da minha mãe sobre o ocorrido. Sem muitas palavras para um dia como esse, Michele Cardoso, descanse em paz", postou Guilherme Kerwald Schneider.

"Não acredito que tu estava lá amiga! Agora tu és um anjinho no céu com esse sorriso maravilhoso de sempre! Te amo minha amiga, tu será eterna nas nossas vidas", escreveu Daniela Sudati. 

Incêndio em casa noturna
Um incêndio de grandes proporções deixou ao menos 233 mortos na madrugada deste domingo em Santa Maria (RS). O incidente, que começou por volta das 2h30, ocorreu na Boate Kiss, na rua dos Andradas, no centro da cidade. O Corpo de Bombeiros acredita que o fogo iniciou com um sinalizador lançado por um integrante da banda que fazia show na festa universitária.

Segundo um segurança que trabalhava no local, muitas pessoas foram pisoteadas. "Na hora que o fogo começou foi um desespero para tentar sair pela única porta de entrada e saída da boate e muita gente foi pisoteada. Todos quiseram sair ao mesmo tempo e muita gente morreu tentando sair", contou. O local foi interditado e os corpos foram levados ao Centro Desportivo Municipal, onde centenas de pessoas se reuniam em busca de informações.

A prefeitura da cidade decretou luto oficial de 30 dias e anunciou a contratação imediata de psicólogos e psiquiatras para acompanhar as famílias das vítimas. A presidente Dilma Rousseff interrompeu viagem oficial que fazia ao Chile para seguir a Santa Maria.

 

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade