0

SP: campanha distribui alfinetes contra abusadores do metrô

4 abr 2014
09h56
atualizado em 6/4/2014 às 11h54
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Kit da campanha 'Não me encoxa que eu não te furo': busca de paliativos individuais contra a violência no metrô
Kit da campanha 'Não me encoxa que eu não te furo': busca de paliativos individuais contra a violência no metrô
Foto: Movimento Mulheres em Luta / Divulgação

O acúmulo de casos e denúncias de abusos sexuais no metrô de São Paulo levou um grupo a buscar soluções práticas. Contra aquilo que denuncia como as más condições do transporte público da capital paulista e a falta de educação da população, o Movimento Mulheres em Luta divulgou nesta sexta-feira a campanha "Não me encoxa que eu não te furo".

A ação, convocada para a estação Capão Redondo, é o que o grupo chama de "panfletar alfinete": foram distribuídos cerca de 500 kits com o lema da campanha e um alfinete para ajudar as mulheres a se protegerem contra os abusadores e encoxadores do metrô da capital paulista.

"Em meio ao caos e situação de barbárie, nossa obrigação é assegurar o direito de autodefesa das mulheres", defende o grupo. "Vamos denunciar a violência e o assédio às mulheres nos transportes públicos e para exigir do Metrô e do governo do estado que façam uma campanha de conscientização e combate aos assédios!"

Inúmeros casos de abusos sexuais sexuais vêm sendo denunciados no metrô de São Paulo. Dezenas de pessoas já foram detidas desde o início do ano.

Colaborou com esta notícia o leitor Alexandre Araújo, de São Paulo (SP), que participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

Veja também:

Bolsonaro nomeia Temer e Justiça autoriza viagem ao Líbano
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade