Cidades

publicidade
21 de janeiro de 2012 • 14h32 • atualizado às 15h40

SC: calor faz lotar praias; há alerta para raios ultravioleta

Calor deixa praias lotadas em SC: meteorologia alerta para raios ultravioleta em índice extremo

O intenso calor fez com que banhistas lotassem as praias de Florianópolis
Foto: Fabrício Escandiuzzi / Especial para Terra
Fabrício Escandiuzzi
Direto de Florianópolis

O calor intenso registrado neste sábado deixou as principais praias de Florianópolis (SC) lotadas desde o início da manhã. Apesar de o sol aparecer entre nuvens boa parte do tempo, órgãos de meteorologia alertam para índices extremos de raios ultravioleta nos próximos dias em todo o sul do País.

A praia de Jurerê Internacional, uma das mais badaladas da cidade, recebeu milhares de visitantes. Turistas e banhistas se espremiam em toda a extensão da faixa de areia. Quem deixou para ir à praia mais tarde, não encontrou espaço nos cobiçados "beachs clubs" do balneário.

"Deixei para chegar perto do meio-dia e tive trabalho para garimpar um espaço por aqui", disse a administradora Camille de Paiva, 28 anos. "O jeito foi dividir um pedacinho aqui no fundo da praia. Se eu chegasse um pouco mais tarde, não sei onde iria ficar."

Por volta das 13h, os termômetros marcavam 29,5º C em Florianópolis, segundo os dados do serviço de monitoramento do CIRAM (Centro de Recursos Ambientais de Santa Catarina). O abafamento, porém, trazia uma sensação de ainda mais calor.

No sábado e domingo, as temperaturas elevadas devem ocasionar rápidas pancadas de chuva, típicas do verão. Não está descartada a ocorrência de granizo, principalmente no final da tarde.

O grande alerta é para a incidência dos raios ultravioleta, que podem atingir o nível máximo nos próximos dias. O chamado Índice Ultravioleta (IUV), que mede a intensidade de radiação, deve chegar a escala extrema nos próximos cinco dias. Para Santa Catarina, o IUV deve variar entre 11 e 14, números considerados de risco "extremo".

Especial para Terra