0

SC: após neve, sensação térmica cai a -27ºC; vento atinge 119 km/h

27 jun 2011
09h08
atualizado às 11h54
Fabrício Escandiuzzi
Direto de Florianópolis

Depois da neve registrada em quatro cidades de Santa Catarina, o frio intenso tomou conta do Estado. A sensação térmica na região serrana chegou a -27°C no início de manhã desta segunda-feira. Ainda pode nevar na Região Sul do Brasil na manhã de terça-feira. Segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia, as rajadas em Urubici, no alto da serra catarinense, chegaram a 99 km/h entre as 5h e 6h, a 107 km/h às 7h e a 119 km/h às 10h, de acordo com a Climatempo.

De acordo com as informações do Centro de Recursos Ambientais do Estado (Ciram), os termômetros marcaram -5,4°C em São Joaquim e -4,3°C em Urubici, onde os ventos atingiram rajadas de 90 km/h, aumentando a sensação de frio. A neve que caiu neste domingo não chegou a acumular na serra como ocorreu no último episódio, registrado em agosto do ano passado.

Em Florianópolis, a manhã também foi das mais geladas: os termômetros marcaram 7,5°C por volta das 7h. Mesmo com a volta do sol após vários dias chuvosos, o vento sul trouxe uma sensação de um dia muito mais frio. "É de sofrer. Tenho dó de deixar as crianças na escola", disse o advogado Carlos Alberto Amarante, 36 anos. "Não há aquecimento nas escolas, e então o jeito é encapotar os meninos com muitas blusas", afirmou.

Se por um lado o dia gelado trouxe "sofrimento", por outro acabou animando dezenas de pescadores que enfrentaram a manhã gelada nas praias de Florianópolis à espera das tainhas. Com os barcos a postos, eles esperavam o sinal de que os peixes estivessem por perto. "Com esse frio, elas irão aparecer", disse Crispim Brito, 56 anos.

De acordo com o Ciram, o restante da semana sofrerá influência de uma massa de ar polar. O sol aparece, mas os dias serão ainda mais gelados, principalmente na terça e quarta-feira. Há a possibilidade de quebra de recordes de temperaturas nos próximos dias.

Neve pode se repetir nesta segunda-feira
A frente fria que cobre a Região Sul do Brasil pode propiciar nova queda de neve no decorrer da manhã desta segunda-feira em áreas serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, além do planalto sul e norte catarinense e do sul do Paraná. O fenômeno já ocorreu na noite de domingo e pode se repetir hoje devido ao frio muito intenso e ao excesso de umidade nessas áreas. As informações são da Climatempo.

Criança enfrenta o vento gelado a caminho da escola em Florianópolis
Criança enfrenta o vento gelado a caminho da escola em Florianópolis
Foto: Fabrício Escandiuzzi / Especial para Terra

Segundo a meteorologia, a nebulosidade tende a diminuir e a chance de nevar será menor até a noite. Diversas localidades do centro-oeste e sul de Santa Catarina, no centro-sul, leste e oeste do Paraná e no interior do Rio Grande do Sul registraram temperaturas negativas nesta segunda-feira.

O frio intenso deve prosseguir na próxima terça-feira, e há condições para geada em todas as regiões do Rio Grande do Sul, incluindo a região metropolitana de Porto Alegre. Deve gear em praticamente todo o Estado de Santa Catarina e no Paraná, exceto no litoral. A geada poderá ser de intensidade moderada a forte em muitas áreas.

O fenômeno pode ocorrer também em áreas do centro-sul e oeste de São Paulo, em cidades como Sorocaba, Bauru e Presidente Prudente. O centro-sul de Mato Grosso do Sul também pode ter geada.

Fonte: Especial para Terra
publicidade