0

RS: protesto contra aumento de ônibus acaba em confronto com PMs

Manifestantes quebraram vidros da prefeitura de Porto Alegre e danificaram viaturas. Pelo menos uma pessoa ficou ferida e outra foi presa

27 mar 2013
19h53
atualizado às 20h08
  • separator
  • comentários

Pelo menos uma pessoa ficou ferida e outra foi presa durante uma manifestação em frente ao prédio da prefeitura de Porto Alegre (RS) no início da noite desta quarta-feira. Cerca de 300 manifestantes que protestavam contra o aumento da passagem de ônibus na cidade entraram em confronto com a Guarda Municipal e a Tropa de Choque da Brigada Militar, a Polícia Militar gaúcha.

Policiais da Tropa de Choque fazem cordão de isolamento em volta da prefeitura
Policiais da Tropa de Choque fazem cordão de isolamento em volta da prefeitura
Foto: Diogo Sallaberry/LLPhoto Press / Futura Press

Segundo o relato de testemunhas, os manifestantes tentaram forçar a entrada no prédio e foram impedidas pela polícia, que reagiu com bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. O secretário municipal de Coordenação Política e Governança Local, Cézar Busatto, tentou falar com os manifestantes, mas foi agredido e atingido com tinta.

Durante o tumulto, foram quebradas várias janelas do prédio. Duas motocicletas e uma viatura da Guarda Municipal foram danificadas. Um manifestante ficou ferido e teve de ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Às 19h40, a situação havia sido normalizada, mas alguns manifestantes permaneciam em frente à prefeitura, enquanto a Tropa de Choque fazia um cordão de isolamento ao redor do prédio.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade