0

RS: homem que teve serra fincada na barriga morre em Santa Rosa

15 jun 2013
12h11
atualizado às 12h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O agricultor Gregório Matias Steinmetz, 56 anos, que ficou com uma serra elétrica circular cravada cerca de 10 centímetros no abdome por quase três horas, enquanto serrava madeira em Campina das Missões, no noroeste do Rio Grande do Sul, na segunda-feira, morreu na madrugada deste sábado. De acordo com o hospital Vida e Saúde, onde Gregório foi internado e operado, o paciente faleceu por volta das 4h15, por conta de infecção decorrente de um infarto no intestino. 

Homem fica com serra presa na barriga após se ferir durante corte de madeira
Homem fica com serra presa na barriga após se ferir durante corte de madeira
Foto: Assessoria do Hospital Vida e Saúde / Divulgação

Socorrido ao hospital de Campina das Missões, Steinmetz precisou ser transferido para o Hospital Vida & Saúde, em Santa Rosa, distante cerca de 43 quilômetros. Durante todo o trajeto, uma enfermeira ficou segurando a serra presa à barriga do paciente.

Em Santa Rosa, Steinmetz passou por uma cirurgia para a retirada da serra que durou cerca de duas horas e meia. Segundo a assessoria do Hospital Vida & Saúde, o fato do homem ser transplantado do rim complicou o procedimento. 

Complicações
Segundo a assessoria do hospital, na quinta-feira o agricultor teve uma piora em seu quadro clínico. Ele passou por uma nova cirurgia, mas seu intestino deixou de receber sangue por conta de uma arritmia.

Veja também:

Ministro da Saúde alerta para aumento de casos da covid-19 no interior do Brasil
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade