1 evento ao vivo

Rodoanel: pode ter sido falha, diz secretário de Transportes

14 nov 2009
13h39
atualizado em 15/11/2009 às 14h00
  • separator
  • comentários

O secretário de Transportes do Estado de São Paulo, Mauro Arce, disse neste sábado que o acidente nas obras do Rodoanel Mário Covas pode ter sido causado por uma falha técnica. A declaração foi dada em entrevista à imprensa no final da manhã. O incidente ocorreu na noite de sexta-feira, quando três vigas caíram sobre a pista sentido São Paulo da rodovia Régis Bittencourt.

Rodovia Régis Bittencourt foi totalmente liberada às 9h50 deste sábado
Rodovia Régis Bittencourt foi totalmente liberada às 9h50 deste sábado
Foto: Zenilto Barbosa / vc repórter

"É a maior obra rodoviária atualmente no Brasil. Claro que as empresas construtoras colocaram o que há de melhor, em termos de equipe e material, mas pode ser uma falha técnica. Pode ter acontecido um problema na estrutura daquela viga. Evidentemente, isso vai ser analisado agora", falou.

Às 14h, o secretário reúne-se com técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) para começar a avaliar as causas do acidente nas obras. Ao comparecer ao local do desabamento, na madrugada deste sábado, o governador José Serra confirmou que, além do IPT, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER) também apurará os motivos da queda das vigas.

Rodovia liberada
Depois de mais de 12 horas de bloqueio, a rodovia Régis Bittencourt foi completamente liberada por volta das 9h50 deste sábado. Às 9h, operários concluíram a remoção da última das três vigas que caíram sobre a Régis.

O incidente no viaduto do Rodoanel em obras ocorreu na pista sentido São Paulo da rodovia na região do município de Embu, na Grande São Paulo, por volta das 21h25 desta sexta-feira. De acordo com a Autopista Régis Bittencourt, um caminhão e dois carros foram atingidos. Três pessoas ficaram feridas no acidente e passam bem, de acordo com informações do hospital onde elas foram encaminhadas.

Segundo a assessoria de comunicação da Dersa S.A, responsável pelo gerenciamento da obra, o motorista do caminhão atingido conseguiu sair do veículo antes da viga atingir a cabine. Na queda, sofreu um corte na cabeça e foi submetido a uma tomografia computadorizada no hospital de Pirajussara.

Uma mulher que estava em um Clio vermelho atingido por uma das vigas foi levada ao pronto-socorro de Embu e liberada após exames. Um outro motorista, que dirigia um Celta destruído por outra das vigas, machucou o pulso e foi levado ao Hospital Geral de Itapecerica da Serra para exames. Nenhum deles corre risco de morrer.

No final da noite de sexta-feira, o acostamento da pista sentido Curitiba foi liberado para passagem de veículos. No sentido São Paulo, até as 10h, quando a rodovia for totalmente liberada, os motoristas devem desviar no km 280, pelo município de Embu.

Rodoanel Mário Covas
O lançamento de quatro das dez vigas programadas para o trecho foi realizado no início desta semana. Na tarde de sexta-feira, a Autopista Régis Bittencourt havia comunicado o bloqueio total do trecho neste fim de semana para a instalação de mais vigas.

O Rodoanel Mário Covas (SP-021) é um anel viário em construção em torno da Grande São Paulo. O objetivo do projeto é interligar as rodovias que chegam à capital paulista para aliviar o tráfego de caminhões nas marginais Tietê e Pinheiros.

Redação Terra

Colaborou com esta notícia o internauta Zenilto Barbosa, de São Paulo (SP), que participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui .

vc repórter

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade