1 evento ao vivo

RN: motoristas de ônibus de Natal mantêm greve durante Copa

16 jun 2014
10h59
atualizado às 11h04
  • separator
  • comentários

No dia em que recebe sua segunda partida da Copa do Mundo, a estreia de Estados Unidos e Gana, Natal enfrenta o quarto dia de greve dos motoristas e cobradores do transporte público. A categoria permanece de braços cruzados e na manhã desta segunda-feira saiu em caminhada em protesto até a sede da Secretaria de Mobilidade Urbana da cidade. Por determinação judicial, 70% da frota está circulando em horários de pico e 50% nos intervalos.

Segundo avaliação da Secretaria, o cenário desta segunda-feira é bem melhor do que o visto sexta (13), quando apenas 30% dos ônibus circulavam. Para dar suporte à população, as linhas regulares foram abertas para profissionais do transporte, como taxistas e vans que compõem o transporte opcional. “O sistema está operando dentro da normalidade. Não estamos registrando tantos transtornos porque hoje foi decretado ponto facultativo e os funcionários públicos não trabalham. Além disso, os estudantes estão de férias”, disse o técnico da Semob, Guto de Castro.

A pouco, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou que, enquanto a greve persistir,  90% da frota de ônibus deve circular em Natal quatro horas antes e quatro horas depois das partidas. O entorno da Arena das Dunas, palco da partida, será fechado para o tráfego de veículos a partir do 12h e voltará a ser liberado duas horas após o jogo, marcado para às 19h (de Brasília). 

A categoria pede aumento salarial de 16%, aumento do vale alimentação para R$ 450 e melhores condições de saúde e segurança. Em contrapartida, os empresários oferecem 6,82% de reajuste. Uma nova reunião de conciliação entre dirigentes do Sindicato dos Profissionais de Transporte do Rio Grande do Norte (Sintro/RN) e Sindicato das Empresas de Transporte (Seturn) está agendada para quarta-feira (18). O procurador do Ministério Público do Trabalho, Xisto Tiago de Medeiros Neto, voltará a negociar um acordo entre as partes.

Cerca de 260 agentes de trânsito fazem parte da Força Tarefa montada para Copa. Além deles, homens do Exército, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Polícia Militar integram o efetivo, o que totaliza oito mil profissionais.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade