1 evento ao vivo

RJ: shopping é multado por poluir lagoa da região da Barra da Tijuca

19 out 2012
12h06
atualizado às 12h08

Com aproximadamente 120 lojas e salas, o sofisticado shopping Millenium, na avenida das Américas, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, foi multado e seus banheiros interditados em blitz deflagrada pela Secretaria de Estado do Ambiente. Durante a operação, batizada de Rolha Ecológica, os fiscais também lacraram com cimento a saída da tubulação de esgoto do shopping, que estava despejando esgoto sem tratamento na Lagoa da Tijuca, o que é crime ambiental.

O shopping não tinha se conectado à rede de esgotamento sanitário da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) instalada na região. Promovida pela Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais, a blitz Rolha Ecológica teve apoio de técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Cedae, de policiais do Comando de Polícia Ambiental (CPAM), da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) e da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE).

O secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, disse que o shopping havia sido notificado, há mais de dois meses, de que deveria fazer a conexão com a rede de coleta de esgoto da Cedae, construída na região este ano. "A entrada da rede de coleta da companhia fica a menos de 2 m da conexão do shopping com a rede pluvial. É inaceitável este tipo de conduta", afirmou.

Ao chegar ao local, a equipe de fiscais constatou, após testes com corante, que o esgoto in natura do shopping, que fica ao lado do Rio Design Barra, era despejado na galeria de água pluvial da região. Rede que, por sua vez, deságua na Lagoa da Tijuca. Após os testes, a equipe concretou então, com cimento, a saída de esgoto do shopping.

A direção do shopping center praticava outra irregularidade: a estação de tratamento de esgoto (ETE) do estabelecimento operava ilegalmente, pois estava conectada a galeria de água pluvial.

Jornal do Brasil Jornal do Brasil
publicidade