2 eventos ao vivo

RJ e SP são as piores regiões metropolitanas em mobilidade urbana

21 ago 2013
07h46
atualizado às 09h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Um indicador que analisa o bem-estar nas principais regiões metropolitanas do País revelou São Paulo possui a segunda pior estrutura de mobilidade urbana do Brasil, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro. O estudo, feito pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia com base no Censo de 2010, avaliou as condições de vidas nas regiões metropolitanas de Sul, Sudeste e Centro-Oeste. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O Índice de Bem-Estar Urbano (Ibeu) considera, por exemplo, fornecimento de energia, iluminação pública, coleta de lixo e tempo de deslocamento dos cidadãos. São cinco quesitos que formam uma nota de zero a um. Com 0,873, a cidade de Campinas, no interior de São Paulo, foi a única a receber a classificação "boa ou excelente". A maior parte das regiões analisadas obteve classificação intermediária e, em três casos (Recife, Manaus e Belém), a nota foi ruim ou péssima. Apesar de pecar na mobilidade urbana, a cidade de São Paulo é a melhor colocada no quesito infraestrutura urbana (iluminação pública, calçada, bueiro, entre outros). Na classificação geral, a Grande São Paulo ocupa a oitava posição, com 0,615.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/ciencia/infograficos/transporte-publico/" href="http://noticias.terra.com.br/ciencia/infograficos/transporte-publico/">Transporte público no Brasil</a>
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade