0

RJ: 31 são presos em protesto contra aumento da passagem

10 jun 2013
19h30
atualizado às 21h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Manifestantes se reuniram mais uma vez nesta segunda-feira para protestar contra o aumento da passagem do transporte público no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, até as 20h40, 31 pessoas foram detidas. Este é o terceiro protesto em uma semana contra o reajuste na tarifa. 

<p>A Polícia Militar afirmou que foi necessária a utilização de bombas de efeitos moral para conter atos de vandalismo durante o protesto</p>
A Polícia Militar afirmou que foi necessária a utilização de bombas de efeitos moral para conter atos de vandalismo durante o protesto
Foto: Reynaldo Vasconcelos / Futura Press

Veja o quanto se paga em tarifas de ônibus nas capitais brasileiras

Segundo o Centro de Operações Rio, o grupo interditou incialmente a avenida Rio Branco, na altura da Cinelândia, por volta das 18h, e seguiram pela rua Araújo Porto Alegre. 

Por volta das 18h20, os manifestantes interromperam o trânsito na avenida Presidente Antônio Carlos e, meia hora depois, ocuparam a pista central da avenida Presidente Vargas, sentido Praça da Bandeira, na altura da avenida Rio Branco.

De acordo com a Central, por conta do protesto, o trânsito ficou lento nos dois sentidos da avenida Presidente Vargas.

Equipes da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio) e da Guarda Municipal atuaram no trecho para tentar desafogar o trânsito no local. Às 19h, o tráfego sentido Candelária da Presidente Vargas foi liberado, mas o trânsito continuava lento.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que “foi necessária a utilização de bombas de efeitos moral para garantir o direito de ir e vir da população e para conter atos de vandalismo durante o protesto”. Até as 21h, informações sobre feridos ainda não haviam sido divulgadas. 

Segundo a Globo News, durante o ato manifestantes apedrejaram comércios na região, o que teria forçado os comerciantes a fecharem os estabelecimentos, por medida de segurança. 

Outros protestos
Na última quinta-feira, manifestantes realizaram protesto próximo à Central do Brasil. Outra manifestação ocorreu na última segunda-feira, em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, também no centro da cidade.  

Com informações do Jornal do Brasil

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade