0

Rio: grupo de mulheres invade antigo Museu do Índio

O local será utilizado como um museu olímpico no futuro, segundo o governo do Estado

26 abr 2013
17h39
atualizado às 18h51
  • separator
  • comentários

Um grupo de mulheres invadiu o prédio do antigo Museu do Índio, que havia sido desocupado com tumulto após a entrada do Batalhão de Choque da polícia no dia 22 de março. O local será utilizado como um museu olímpico no futuro, segundo o governo do Estado.

Um grupo de mulheres indígenas ocupou o prédio do antigo Museu do Índio, ao lado do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, na zona norte do Rio de Janeiro
Um grupo de mulheres indígenas ocupou o prédio do antigo Museu do Índio, ao lado do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, na zona norte do Rio de Janeiro
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

A avenida Radial Oeste chegou a ser totalmente interrompida para a ação da Polícia Militar, que retirou as manifestantes do local com apoio do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O trânsito é intenso no local, mas a Radial Oeste já foi parcialmente liberada.

Desocupação do Museu do Índio
Índios e manifestantes que ocupavam o Museu do Índio foram retirados de forma truculenta pela polícia em 22 de março. Após clima de muita tensão e expectativa desde as primeiras horas do dia, a policia entrou, por volta das 11h50, na Aldeia Maracanã para cumprir a ordem de desocupação do local. Munidos de balas de borracha, bombas de efeito moral e spray de pimenta, eles enfrentaram a resistência de índios, ativistas e políticos e usaram da força para garantir a desocupação do terreno.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade