1 evento ao vivo

Região serrana inicia campanha de doações para vítimas

12 jan 2011
17h13
atualizado às 22h10

As prefeituras de Teresópolis e Petrópolis, duas das cidades mais afetadas pelas fortes chuvas na região serrana do Rio de Janeiro, começaram hoje campanhas para doações para as vítimas e famílias atingidas pelo temporal.

As enchentes na região serrana já deixou dezenas de mortos e centenas de desabrigados
As enchentes na região serrana já deixou dezenas de mortos e centenas de desabrigados
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Teresópolis disponibilizou uma conta corrente no Banco do Brasil. Com o nome "SOS Teresópolis - Donativos", a conta corrente está disponível na Agência 0741-2 do Banco do Brasil, com o número 100000-9. Outras doações, como alimentos, roupas, cobertores, colchonetes e itens de higiene pessoal podem ser entregues no Ginásio Pedrão, na rua Tenente Luiz Meirelles, 211, na Várzea.

O programa de voluntariado do Viva Rio iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e mantimentos para a região serrana do Rio, especialmente Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis.

Doação podem ser entregues na sede do Viva Rio, na rua do Russel, 76, Glória. Informações podem ser obtidas através do telefone 21) 2555-3750e (21) 2555-3785

Em Petrópolis, desde a manhã de quarta-feira, funcionam dois postos para coleta de doações, na região de Itaipava: um na Igreja Wesleyana, no Vale do Cuiabá e outro na Igreja de Santa Luzia, na Estrada das Arcas. Nesta tarde, um terceiro local foi montado no centro da cidade, na rua Aureliano Coutinho, número 81.

Número de mortes chega a pelo menos 96
As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio de Janeiro provocaram a morte de pelo menos 96 pessoas desde a noite de terça-feira, segundo levantamento feito pelo Terra a partir de dados das defesas civis municipais. Entre as vítimas, estão três bombeiros que seguiam para Nova Friburgo para auxiliar no resgate de famílias soterradas.

Outros três bombeiros foram resgatados dos escombros e um continua soterrado, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. Mais cedo, o Corpo de Bombeiros havia informado que quatro soldados tinham morrido no deslizamento. A secretaria disse também que mais quatro pessoas morreram em após as chuvas na cidade, entre elas uma criança e um bebê.

Esta manhã, o vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, fez um sobrevoo na região e conversou com lideranças políticas sobre os estragos. O governador do Estado, Sérgio Cabral, disse em comunicado que lamenta pelas mortes e demonstrou solidariedade às famílias dos bombeiros mortos em Nova Friburgo. Cabral também solicitou o apoio da Marinha Brasileira, no transporte da frota e de equipamentos do Corpo de Bombeiros às áreas atingidas.

Veja onde foram registradas as mortes:

Fonte: Redação Terra
publicidade