1 evento ao vivo

Prefeitura do Rio anuncia aumento da passagem para R$ 2,30

24 dez 2009
03h22

Andar de ônibus na capital vai ficar mais caro em janeiro. As passagens que hoje custam R$ 2,20 sofrerão reajuste de R$ 0,10 e passarão para R$ 2,30 nos coletivos convencionais. O aumento de 4,5% também será estendido aos 'frescões' ¿ veículos com ar-condicionado. Neste caso, os valores ainda serão definidos pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), que também decidirá a data exata para que eles entrem em vigor.

Já os passageiros que utilizam o vale-transporte (RioCard) para embarcar nos coletivos vão continuar pagando as tarifas antigas - sem o reajuste ¿ até o início de fevereiro. Para evitar surpresas aos usuários, cartazes com o aviso sobre o novo preço das passagens deverão ser afixados nos para-brisas dos ônibus e ao lado dos cobradores.

rio é o 3º mais caro
Autorizado pelo prefeito Eduardo Paes, o aumento entrará em vigor 13 meses após o último reajuste. Na época, o então prefeito Cesar Maia concedeu acréscimo de 4,76%. Publicada no Diário Oficial do Município do dia 5 de dezembro de 2008, a decisão também garantiu aumento de R$ 0,10 no valor das passagens, que subiram de R$ 2,10 para R$ 2,20.

Com o reajuste, o Rio de Janeiro passa a ter a terceira tarifa mais cara do Brasil. Em primeiro lugar estão as cidades de Campinas (SP), Campo Grande (MS), Guarulhos (SP), Osasco (SP), Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), São José dos Campos (SP) e Sorocaba (SP), onde viajar de ônibus custa R$ 2,50, e Contagem (MG), que cobra R$ 2,35.

Ao lado do Rio estarão São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Cuiabá (MT), Porto Velho (RO), Porto Alegre (RS) e Ribeirão Preto (SP), com R$ 2,30.

IPTU vai subir 4,18% em 2010
As passagens de ônibus não são as únicas despesas que aumentarão em 2010. O IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) ficará 4,18% mais caro. O reajuste, que será cobrado em fevereiro, ficou abaixo dos 4,49% previstos pela Secretaria de Fazenda. O índice também foi menor que os 6,1% aplicados este ano.

Os contribuintes poderão parcelar o pagamento em até 10 vezes. Quem optar pelo pagamento à vista terá 7% de desconto. Assim, quem pagou R$ 140 em 2009 pagará R$ 145,85 em 2010. Quitada em cota única, a dívida cai para R$ 135,64.

Detran: vistoria por R$ 85,35
De carona no aumento das taxas e tributos públicos cobrados no Rio, a vistoria anual dos veículos ficará 4,19% mais cara em 2010. Se, este ano, fazer o licenciamento anual no Detran custou R$ 197,26, os proprietários dos mais de 3,5 milhões veículos que compõem a frota do estado devem se preparar para desembolsar no próximo ano R$ 205,52.

O gasto foi calculado com base no valor da Ufir (Unidade Fiscal de Referência) anunciado ontem pela Secretaria Estadual de Fazenda. Usada também para definir os valores de outras taxas estaduais, como a cobrada pela emissão das carteiras de motorista e de identidade, a Ufir passou de R$ 1,9372 para R$ 2,0183.

Definido o valor da taxa da vistoria anual, que passou de R$ 81,92 para R$ 85,35, proprietários de veículos como um Palio EX 2007, por exemplo, que este ano pagaram R$ 1.102,92, pagarão R$ 990,60 em 2010. A diferença será de R$ 112,32 e representa uma economia de 10,18%.

O Dia O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

compartilhe

publicidade
publicidade