Cidades

publicidade
27 de junho de 2010 • 18h49 • atualizado em 27 de Junho de 2010 às 21h21

Parada Gay diz ter reunido 100 mil nas ruas de Campinas

Parada Gay de Campinas chega a sua décima edição com público de 100 mil
Foto: Rose Mary / Especial para Terra
Rose Mary de Souza
Direto de Campinas

A cidade de Campinas realizou, neste domingo, a 10ª Parada do Orgulho GLTTB - Gays, Lésbicas, Travestis, Transexuais e Bissexuais. De acordo com a organização do evento, cerca de 100 mil pessoas, milhares de fora da cidade, participaram desta edição da festa, número superior aos 80 mil participantes do ano passado.

"Eu vi várias vans e ônibus fretados trazendo as pessoas de outras cidades", disse o coordenador do Grupo Identidade, Paulo Mariante, ONG que representa os homossexuais em Campinas. Segundo ele, em uma década, houve muitas mudanças com relação à recepção das pessoas frente à temática gay em todo o País.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) fechou ruas e desviou o trajeto dos coletivos para a passagem do cortejo. Familias, idosos, adolescentes e crianças acompanharam a Parada. Dois trios elétricos embalaram os presentes com músicas tecno e, em alguns momentos, samba, funk e batucada. Pessoas chegaram fantasiadas de personagens do cinema, dos quadrinhos ou com criações próprias.

As namoradas Lucinei e Néia Belo, de Hortolândia, trouxeram o filho em um carrinho para a Parada. "Ano passado ela (Néia) veio grávida aqui", disse Lucinei. As corinthianas Mariane e Camila se conheceram há pouco tempo, mas decidiram aproveitar juntas a Parada Gay: "estamos muito felizes".

Colaborou com esta notícia o internauta Alexandre F. Guimaraes, de Campinas (SP),que participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

Especial para o Terra

vc repórter