0

Onda de frio traz temperatura de 5°C negativos em SC

8 jul 2011
08h44
atualizado às 09h31

Fabrício Escandiuzzi
Direto de Florianópolis

A onda de frio, já considerada a maior desde o ano 2000 pelos meteorologistas, trouxe temperaturas abaixo de zero pelo sexto dia consecutivo em Santa Catarina. Os termômetros marcaram -5ºC na cidade de São Joaquim, localizada a cerca de 190 km de Florianópolis. As temperaturas ainda ficaram negativas em pelo menos 15 cidades da serra e oeste do Estado.

Veja como se mede a sensação térmica

De acordo com as informações do Centro de Recursos Ambientais do Estado, por volta das 7h a temperatura era de 3,4ºC graus na capital catarinense. O frio no litoral é considerado "incomum" pelos meteorologistas: em cinco dias da semana, a tenperatura ficou abaixo dos 4ºC na capital catarinense. A temperatura desta quinta foi a segunda mais baixa de 2011: no início de junho, os termômetros chegaram a 2,7ºC.

A geada ampla foi registrada em toda a região serrana. Até mesmo em Florianópolis, campos em áreas mais altas do sul da ilha amanheceram com uma camada de gelo, que se dissipou à medido que o sol apareceu. "Estou usando três meias e duas calças", disse o promotor de vendas Marcos Ruy Camargo, 28 anos. "O pior não é sair de casa cedo. É voltar quando o sol já foi embora".

Os meteorologistas do Centro de Recursos Ambientais do Estado (Ciram)destacam que uma das características mais "impressionantes" dessa onda de frio, além de sua duração, é a sequência de temperaturas extremamente baixas para o litoral.

"A região tem registrado tem registrado temperaturas muito baixas e máximas que sequer atingem a casa de 20 graus", afirma o meteorologista Marcelo Martins em levantamento produzido pelo órgão catarinense. "O fator deste marcante desde inverno são os dias consecutivos de frio intenso com mínimas negativas e nenhum registro de temperaturas mais elevadas, ou seja, o frio sempre é reforçado por massas de ar Polar".

A meteorologista Gilsânia Cruz destaca que a massa de ar polar deve "persistir" com força no sul do país e trazer temperaturas abaixo de zero grau pelo menos até o próximo sábado. No domingo, o frio continua mas as temperaturas sofrem uma pequena elevação. A geada, inclusive próximo às praias, como ocorreu na terça-feira, não está descartada neste sábado.

"Podemos dizer que essa massa tem um deslocamento muito lento. Persistiu vários dias sobre a Argentina e seu centro vem se movendo nas últimas horas", disse. "A massa se desloca para o oceano no sábado. Não podemos afirmar sem um estudo mais detalhado, mas a possível causa desse bloqueio para o deslocamento da massa polar seja a atuação de jatos subtropicais que estão com força em altitudes mais elevadas".

Os termômetros marcaram -5°C na cidade de São Joaquim
Os termômetros marcaram -5°C na cidade de São Joaquim
Foto: Fabricio Escandiuzzi / Especial para Terra
Fonte: Especial para Terra
publicidade