1 evento ao vivo

Nº de mortos por chuva na região serrana do RJ vai a 759

20 jan 2011
11h43
atualizado às 21h36

De acordo com o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro, o número de mortos em decorrência das chuvas na região serrana do Estado subiu para 759 nesta quinta-feira. Foram registradas 365 vítimas fatais em Nova Friburgo, 308 em Teresópolis, 65 em Petrópolis e 21 em Sumidouro.

» Veja como ajudar os desabrigados pela chuva no RJ

Os números da secretaria, entretanto, não contabilizam para São José do Vale do Rio Preto três mortes confirmadas pela Defesa Civil municipal. O balanço do Estado também não confirma uma morte em Bom Jardim, registrada pela Polícia Civil.

Mais cedo, a secretaria havia informado um número total de 765 mortes em todo o Estado, mas a informação foi corrigida depois para 746. De acordo com os dados oficiais, pelo menos 6,4 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em Petrópolis, 5.190 em Nova Friburgo e 2.240 em Teresópolis.

Com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) de chuvas isoladas na região serrana do Rio, as buscas por corpos continuavam, principalmente em Nova Friburgo, a cidade mais afetada. No início da tarde, um helicóptero do Exército se acidentou ao tentar pousar na Ceasa em Nova Friburgo. A aeronave transportava cinco pessoas e ninguém ficou ferido com gravidade.

Mais de uma semana após os deslizamentos que deixaram centenas de mortos, os empresários de Teresópolis tentam, reverter a imagem de que a cidade foi destruída. Segundo representantes da indústria hoteleira da região, 26% dos hoteis e pousadas foram fechados. Comerciantes criaram um comitê de estratégia para tentar atrair turistas de volta.

Em Brasília, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse que o governo pretende liberar, ainda neste ano, R$ 5,5 bilhões em recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para obras de contenção de encostas e drenagem, na tentativa de evitar deslizamentos de terra como os que atingiram a região serrana do Rio de Janeiro. Os projetos ainda serão selecionados.

Chuvas na região serrana
As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região.

Veja a Praça do Suspiro, em Nova Friburgo, antes e depois da chuva, arrastando a seta à esquerda da foto

Veja onde foram registradas as mortes

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade